Dietas da moda

Atualizado: 23 de Set de 2019


A cada nova estação surgem novas dietas prometendo a perda de peso rápida e o ganho de massa muscular. A maioria das pessoas buscam informações nas mídias e sem nenhum acompanhamento profissional, o risco que vemos são que na maioria dos casos, as pessoas não conseguem sustentar os resultados alcançados ou não conseguem evoluir. Por isso a importância de conhecer de fato como funciona cada uma das dietas e qual se enquadra para seu organismo, lembrando que o acompanhamento profissional é de extrema importância. Aqui vou esclarecer como funciona algumas das mais famosas, mas quando se trata da sua saúde procure um profissional nutricionista para te ajudar e orientar nessa empreitada.


Dukan


Dieta restrita em carboidratos e rica em proteínas. Possui várias fases, iniciando com a total restrição de carboidratos por um período de 3 a 7 dias e nas fases seguintes os alimentos são inseridos de forma gradativa na dieta novamente. Porém pouco se sabe sobre a sua consequência no corpo, afinal os carboidratos são a principal fonte de energia do nosso organismo e quando retirados por completo da nossa dieta o organismo utiliza-se da degradação muscular para fornecer energia, e isso resulta na perda de peso sim! Porém o que se está perdendo é massa muscular e água. Essa dieta pode levar a deficiências de vitaminas e minerais pela proibição do consumo de frutas e vegetais, os sintomas mais comuns são fraqueza, cansaço, dores de cabeça, mau hálito e obstipação.


Dieta dos pontos


Nessa dieta, a pessoa controla os pontos ao invés das calorias dos alimentos. Cada ponto corresponde a cerca de 3,6 calorias, baseado no seu valor nutricional. A pessoa deve anotar o que come durante o dia e fazer o somatório, que não deve passar de 300 pontos para as mulheres e 400 pontos para os homens. É uma dieta que visa apenas a quantidade de alimentos consumidos, sem incentivar uma alimentação nutricionalmente equilibrada, além de que anotar rigorosamente tudo o que se ingere e calcular os pontos pode gerar “neurose”, facilitando o surgimento de transtornos alimentares.


Low Carb

Como o próprio nome diz, é um processo alimentar com baixa ingestão de carboidratos. No entanto, a alimentação é balanceada pelo consumo de uma quantidade significativa de proteínas e lipídios. Na dieta low carb são permitidas as gorduras boas, não as saturadas, e as proteínas e alimentos com baixa quantidade de carboidrato. São excluídos da dieta todos os cereais, como pão, massas, biscoitos, algumas leguminosas mais ricas em carboidratos como feijão, lentilha, ervilha, todos os doces, açúcares. A Low Carb, feita de maneira incorreta, pode causar cefaleia, tontura, sensação de cansaço, carência de alguns nutrientes.

Jejum intermitente

O jejum intermitente consiste em uma estratégia alimentar em que a pessoa oscila por períodos de jejum com períodos em que se alimenta. Esta estratégia não sugere o que a pessoa deve comer, e sim em que momento a pessoa deve se alimentar.


Existem diferentes protocolos e métodos de fazer o jejum intermitente, o mais utilizado é o 16 por 8, que consiste em fazer jejum de 16 horas seguido por um período de 8 horas se alimentando, o período em que a pessoa se alimenta é dividido em 2 a 3 refeições. Durante o período de jejum é permitido consumir água ou café sem açúcar. Nos períodos de jejum ocorrem alguns ajustes no organismo, por consequência, a pessoa perde peso, mas veja que a pessoa pode perder peso dependendo do que ela consumir nos períodos em que tiver se alimentando se neste período a pessoa comer em quantidades muito exageradas ou alimentos muito calóricos e com qualidade ruim, é bem provável que esta estratégia não funcione para emagrecer. Essa dieta não apresenta resultados superiores as dietas que não preconizam o jejum, períodos longos de privação alimentar podem gerar compulsão alimentar, e neste caso, pode ocorrer um efeito rebote e a pessoa voltar a engordar.


Dieta com acompanhamento de nutricionista

Diferente das dietas da moda, a dieta de nutricionista visa trabalhar individualmente os principais aspectos da alimentação e do comportamento, que estão te impedindo de conseguir alcançar o resultado desejado. O objetivo é criar novos hábitos, para que desta forma, seja possível sustentar os bons resultados. Além disso, a dieta de nutricionista é baseada em uma análise cuidadosa do cliente, adaptada de acordo com as necessidades nutricionais de cada um. O nutricionista leva em consideração o metabolismo, a composição corporal e exames clínicos. Através de um acompanhamento com um nutricionista é possível obter resultados positivos no longo prazo. O principal objetivo é trabalhar os principais pontos na alimentação para que a pessoa consiga sustentar os resultados e mudar os hábitos de maneira eficiente.






69 visualizações

Siga nossas redes sociais

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

Fale Conosco

Venha conhecer nosso estilo de vida, e ganhe inspiração para o início da sua

mudança!

 

contato@bealpha.com.br

Whatsapp

whatsapp-logo-1.png

Nossa loja

Alphaville

Praça das Flores, 53

Loja 1A - Centro Comercial

Alphaville Barueri/SP

​​

 © 2018 - 2019 be alpha alimentação saudável - Todos os direitos Reservados - Designed by Agência Tupi